“A Fattoria di Fèlsina é um dos mais consistentes produtores da Toscana, eis que conta com uma linha de vinhos de ótima qualidade, como os supertoscanos e os chiantis. Trabalha a Sangiovese com maestria.  O Lucilla IGT é delicioso para o dia-a-dia, de ótima relação preço-qualidade”. A seguir, informações colhidas no portal do produtor: “detém 10 hectares de vinhedos localizados na Comuna de Sinalunga a sudeste de Siena e Noroeste de Montepulciano, na propriedade “Lucilla”.
Sistema de condução das videiras: Guyot com rendimento médio de 50 hectolitros por hectare.
Vinhedos plantados em  1954 a 1982. Videiras mais recentes datadas de 1990.
Altitude: de 550 a 200 metros.
Exposição: Sul, Sudoeste.
Solo: na maior parte terras arenosas e lamacentas, com uma presença modesta de argila e um componente mais difuso de calcário e de pedra.
Videiras por hectare: 5400.
Colheita: a mão em momentos diferentes.
Vinificação: fermentação temperaturas entre 28 e 30 ° C. Tempo de maceração 10-12 dias.  Trasfega após a fermentação. Em março-abril passagem para  barris de pequena capacidade, média e grande para 08/12 meses. Mais 04/06 meses de amadurecimento na garrafa.

IMG_20140511_135335

Degustação

Castello di Farnetella “Lucilla” Toscana 2010 – álcool: 13% – uvas: Sangiovese (70%), Cabernet Sauvignon e Merlot em partes iguais (15%) – importado por Mistral – preço: R$ 103,79 – vermelho rubi intenso com reflexo violáceo.  No início uma nota terrosa bem característica de alguns vinhos da Toscana, notadamente Chianti. Logo em seguida notas de frutas maduras secundadas por sugestões lácteas e um toque picante. Na boca, completa o paladar com sua boa estrutura tânica, excelente acidez e razoável presença de fruta. Um verdadeiro “médio Toscano”, prova de que as cepas francesas estão perfeitamente ambientadas ao terroir local e completam perfeitamente a rústica Sangiovese. Tem potencial na garrafa. Avaliação: 88/100 pts.+

(Visited 76 times, 76 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *