Esvaziando a Adega – Vinhos espanhóis sem importador

São Paulo-20140329-02417

A segunda degustação “Esvaziando a Adega” de 2014 ocorreu no dia 29 de março de 2014. Estiveram presentes os confrades José Luiz, Clóvis e Lucas. Ausentes justificadamentes: Romeu, por motivo de viagem e o Rubão, por motivo de trabalho. A degustação foi temática: vinhos espanhóis sem importador. O local escolhido foi o de sempre: o Restaurante Zeffiro, sito à Rua Frei Caneca 669 – Bela Vista, São Paulo.

O Zeffiro deum show de profissionalismo na primeira edição de 2014 do restaurante week - não diminuiu tamanho das porções, ao contrário, caprichou ainda mais!

O Zeffiro de um show de profissionalismo na primeira edição de 2014 do restaurante week – não diminuiu tamanho das porções, ao contrário, caprichou ainda mais!

A seguir a descrição e avaliação dos vinhos:

Cesilia Rosé Think & Pink 2012 – Álcool: 13,5% – Variedades: Monastrell, Syrah e Petit Verdot – Salmão brilhante translúcido. Aromas florais e frutados de média complexidade. Na boca corpo e acidez médios, pouca fruta, doçura um pouco além do desejável e final com sútil amargor que incomoda menos do que o dulçor. Avaliação: 85/100 pts.

Ad 2012 – Novelda/Alicante – Bodega y Viñedos Heretat de Cesilia – Variedades: Syrah, Petit Verdot e Monastrell – Álcool: 14,5% – vermelho-rubi intenso com reflexo violáceo. Aromas complexos com frutas vermelhas, alcaçuz e leve mentol. Boca tânica (boa qualidade), acidez elevada,  madeira evidente e sutil amargor ao final. Cresceu à mesa. Avaliação: 86/100 pts. 

Ad Gaude Heretat Vinalopó 2008 – DO Alicante – Variedades: Cabernet Sauvignon (40%), Syrah (30%), Petit Verdot (20%) e Monastrell (10%) – Amadurecido 12 meses em barrica de carvalho francês (70%), carvalho do leste europeu (20%) e americano (10%) – Heretat Antigua Casa Sicilia 1707 – Álcool: 14,5% – Região: Valle de Vinalopó/Novelda/Alicante – vermelho-rubi limpo, brilhante, com reflexo granada. No nariz intensas notas balsâmicas, frutas vermelhas maduras, bala toffee e chocolate. Boa estrutura tânica, elegante, com um final guloso sem nenhuma agressividade. O fim-de-boca remete a chocolate amargo. Avaliação: 89/100 pts. 

A qualidade deste El Lagar de Isilla "Roble" é tão alta que bate muitos crianzas de produtores mais conhecidos nestas bandas!

A qualidade deste El Lagar de Isilla “Roble” é tão alta que bate muitos crianzas de produtores mais conhecidos nestas bandas!

El Lagar de Isilla “Roble” Denominación de Origen Ribera del Duero 2010 – Álcool: 14% – Variedades: Tempranillo (95%) e Cabernet Sauvignon (5%) – Região: Burgos/Ribera del Duero –  vinho amadurecido em barrica de carvalho francês e americano durante cinco meses, elaborado com uvas de videiras  de 10-40 anos. Análise organoléptica: de cor intensa e viva com reflexo granada em formação. Nariz complexo sobressaindo frutas vermelhas e negras maduras, com toques de especiarias (canela e baunilha) e balsâmicos. Na boca sua entrada é ampla, agradável e saborosa. Frutas do bosque (amora, groselha e framboesa) bem maduras com madeira nobre integrada. Taninos aveludados de fina textura. Defumado, algo tostado com reminiscências mentoladas como eucalipto. Avaliação: 88-89/100 pts. 

São Paulo-20140329-02413

O Mauro Cosecha 2006 tem importador: Vinci

Tuerce Botas DOCa Rioja Graciano 2010 – Álcool: 14% – Região: La Rioja/Aldenueva de Ebro – vinho amadurecido doze meses em barrica de carvalho francês de primeiro uso e depois mais dez meses na garrafa antes de sua liberação ao mercado. Análise organoléptica: quase negro na cor, intenso nos aromas com notas florais, frutas negras, especiarias, caramelo, chocolate sobre um gostoso fundo balsâmico. Na boca é superconcentrado, com taninos fortes mas que não agridem o paladar. É quente sem ser alcoólico. Expansivo, a madeira triunfa quase que totalmente por sobre a fruta que apareceu depois de alguns minutos do vinho na taça. Encorpado, denso, tem a acidez própria da variedade que o habilita para mesa. Um vinho diferenciado, de muita personalidade sem perder o equilíbrio. Não é para principiantes. Avaliação: 89-90/100 pts. 

Eventuais interessados poderão fazer contato através do e-mail Jerielc@bol.com.br 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

One Response to “Esvaziando a Adega – Vinhos espanhóis sem importador”

  1. ¡Qué bien explicás todo! Tenés muy buena onda. Hasta la próxima. Buen domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *