Crédito da ilustração: Valor Econômico

Amigos e leitores, é impressionante como as pessoas tem memória curta, principalmente alguns representantes de comissões vinícolas do Novo Mundo. Sempre que fazemos o bem, as pessoas esquecem facilmente. Todavia, quando fazemos involuntariamente (ou até voluntariamente, não podemos descartar essa hipótese) o mal pensando estar fazendo o bem, algumas pessoas não tem a nobreza de nos perdoar. Ou vamos além disso: quando fazemos o bem não devemos esperar recompensa nenhuma, por que lá na frente alguém vai olhar para trás e reconhecer o que fizemos. Isso demora mas acontece, às vezes não. Mas o que mais nos impressiona é que no episódio das malfadadas “Salvaguardas do Vinho” – muitos importadores de plantão cobraram nossa opinião, até porque desde aquele  época o nosso blog já era um dos líderes em acessos (até hoje é um dos mais conhecidos). E qual foi a nossa postura? Diante de um pedido que implicava simplesmente no fechamento do mercado de vinhos importados, estabelecendo cotas, os vinhos chilenos e europeus seriam os mais prejudicados. E, como é da nossa característica, não titubeamos. Imediatamente passamos a combater essa medida iníqua. Não somente através de nossos artigos, mas franqueamos as páginas do blog para que outras pessoas preparadas intelectualmente pudessem manter o alto nível da discussão. Veja abaixo link de um artigo que obteve milhares de acessos na época (2012):

EDITORIAL

http://blogdojeriel.com.br/2012/04/salvaguardas-o-dano-sera-irreversivel/    –  

A NOSSA OPINIÃO – NÃO QUEREMOS AS SALVAGUARDAS!

Enfim, o tema é por demais complexo para ser analisado num só artigo. Muito do que está escrito “hic et nunc” já foi repisado na mídia, inclusive nos blogs, alguns, por sinal,  bastante combativos, outros nem tanto – preferem o silêncio sepulcral do que dizer alguma coisa. Não queremos as “Salvaguardas”. Isso trará consequências deletérias ao mercado de vinhos do Brasil, inclusive vislumbramos que o maior prejudicado será o próprio vinho brasileiro. E não vamos passar a odiar o vinho nacional se isso acontecer. Mas muita  gente vai, até porque haverá o cerceamento ao direito da liberdade da escolha, um dos pilares do sistema  de “livre mercado”, consagrado pelo legislador constituinte de 1998, nos termos do inciso IV do artigo 1° da Constituição Federal de 1988, a seguir transcrito: “A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos: ….IV – os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa”

Por tudo isso Salvaguardas não!

Jeriel da Costa

 

Salvaguardas 2

 

 

 

 

 

Crédito da ilustração: Folha de São Paulo

 

A seguir, mais alguns artigos publicados contra as famigeradas Salvaguardas do Vinho Brasileiro:

 

http://blogdojeriel.com.br/2012/07/ultimas-novidades-sobre-as-salvaguardas-e-um-apelo-pelo-futuro-do-vinho-no-brasil-carta-de-ciro-lilla-2/

http://blogdojeriel.com.br/2014/08/o-encerramento-da-discussao-das-salvaguardas-do-vinho-no-brasil-e-suas-consequencias/

 

http://blogdojeriel.com.br/2012/10/mais-detalhes-sobre-o-acordo-que-culminou-com-a-retirada-do-pedido-de-salvaguardas/

 

http://blogdojeriel.com.br/2012/03/salvaguardas-wines-of-chile-contratou-advogados-em-sao-paulo-e-nao-descarta-recorrer-as-instancias-internacionais-se-as-medidas-forem-aprovadas/

http://blogdojeriel.com.br/2012/05/em-primeira-mao-chilenos-pretendem-frear-salvaguardas-brasileiras/

 

http://blogdojeriel.com.br/2012/07/salvaguardas-no-meio-do-caminho-havia-uma-pedra/

 

http://blogdojeriel.com.br/2012/06/vinos-de-chile-solicita-ao-governo-chileno-que-tema-das-salvaguardas-ao-vinho-do-brasil-seja-um-tema-prioritario/

 

http://blogdojeriel.com.br/2012/03/vinhos-chilenos-europeus-sao-mais-afetados-para-aplicacao-de-salvaguardas-destinadas-proteger-industria-vinicola-nacional/

 

http://blogdojeriel.com.br/2012/04/acesse-agora-o-blog-do-jeriel-e-vote-contra-ou-a-favor-das-salvaguardar-dos-vinhos-nacionais/

http://blogdojeriel.com.br/2012/04/salvaguardas-burocratizacao-o-autoclismo-heterofobico/

Artigo de André Logaldi

 

http://blogdojeriel.com.br/2012/03/ministerio-desenvolvimento-abre-investigacao-sobre-salvaguarda-contra-vinho-importado/

 

Conclusão

É uma pena que apenas dois anos passados nossa atuação tenha sido esquecida, foi uma discussão longa que se arrastou durante intermináveis sete meses – de março a outubro de 2012 – na qual nos empenhamos ao máximo, em nenhum momento tergiversamos ou esmorecemos (muita gente ficou em cima do muro, inclusive alguns blogueiros), sempre na defesa do direito de livre escolha do consumidor e, consequentemente, também defendendo produtores chilenos e europeus que têm todo direito, uma vez cumpridas todas exigências legais, de comercializar seus vinhos no Brasil. Infelizmente, constatamos que passado algum tempo nossa atuação foi completamente esquecida! Uma pena que algumas Assessorias de Imprensa só lembrem de nosso nome na hora de solicitar publicações de textos de seu interesse. E, quando deixamos de publicar um ou outro, já excluem imediatamente o nome das listas de convidados dos eventos. Se você não vai no almoço/jantar – degustação nem te pergunta o motivo, se você está bem, etc… Logo arrumam um substituto, isto é, você é absolutamente “descartável” e ninguém te pergunta porque você não foi! É um tratamento impessoal, indigno, voltado diretamente para a “clipagem”, ou seja para a prestação de contas para com seu cliente. Tem assessora que adora bajulação, é impressionante a vaidade humana….e o pior, te mandam o texto e se você não publicar te perguntam uma, duas vezes se você o recebeu….e tem mais, pagam somente o estacionamento de um e não pagam do outro, dão privilégios para alguns quando o certo é tratar todos iguais para não haver discriminação. No ano passado um grande escritório aqui de SP fez isso….tal atitude permite  o exibicionismo de alguns, uma necessidade desmedida de levar vantagem sobre os demais. E tem muito mais, mas vamos privar, por enquanto, vamos poupar o prezado leitor disso, porque o individualismo e o egoísmo nos dias que correm generalizou-se, é um tal de “salve-se quem puder” que nos assusta! Isso tudo é falta de berço, de ética, de consideração, mas deixa pra lá….enfim, você só é lembrado apenas quando existe interesse. O grande problema de alguns escritórios é justamente esse – não conseguem ou não sabem o significado para palavra reciprocidade. Os brasileiros tem o péssimo hábito de confundir o sentido verdadeiro de uma amizade. Vivemos dias em que o nepotismo, apesar de abjeto, é uma prática comum, basta verificarmos que dois ministros estão envidando esforços para nomear suas filhas como integrantes de Tribunais brasileiros. E, não pense que no mundo do vinho é diferente…aqui acontece a mesma coisa! Há alguns vetustos degustadores, verdadeiras prima-donas que adoram adulação mas que calam-se num silêncio sepulcral diante de qualquer injustiça.  Por isso que fazemos um controle rígido no facebook, não é qualquer um que admitimos como “amigo”.  E mesmo fazendo essa triagem rígida ainda conseguimos ter muito mais acessos do que algumas “figuras públicas”. Enfim, uma pena que nosso nome seja amiúde esquecido para os grandes eventos organizados por algumas assessorias que se dizem “parceiras”…mas não vamos desistir, não vamos esmorecer…recentemente fomos arbitrariamente privados de participar de duas grandes degustações por uma execrável assessora de imprensa daqui de SP: Uruguai e Portugal, mas tão cedo não iremos esquecer a humilhação a que fomos submetidos….a nossa justa irresignação já foi objeto do artigo cujo link segue abaixo, que certamente figurará entre os mais lidos de setembro em razão do expressivo número de acessos recebidos e manifestações de apoio por e-mail:

http://blogdojeriel.com.br/2014/09/os-dez-posts-mais-acessados-em-agosto-de-2014/

Na matéria abaixo o nosso grupo fez um vinho chileno no meio de cerca de trinta jornalistas e o nosso foi escolhido:

http://blogdojeriel.com.br/2014/08/a-arte-de-elaborar-um-vinho-sob-a-batuta-do-enologo/

Último artigo sobre as “Salvaguardas do Vinho” recentemente publicado extraído de um importante portal de vinhos do Chile:

http://blogdojeriel.com.br/2014/08/o-encerramento-da-discussao-das-salvaguardas-do-vinho-no-brasil-e-suas-consequencias/

Publicamos e apoiamos o salmão chileno por solicitação e também por convicção nossa, já que esse peixe é muito apreciado e consumido no Brasil:

http://www.clubdojeriel.com.br/servico-lista-de-importadores-e-distribuidores-de-pescados-e-frutos-do-mar-do-chile/

 

Dois produtores encontraram importador graças aos nossos esforços: La Junta e Alta Cima, ambos do Vale de Curicó/Lontué.

Blog do Jeriel – setembro de 2014

O nosso blog continuará  o mesmo. A linha editorial será a mesma. Os vinhos chilenos e demais Sul-americanos continuarão a ter o mesmo espaço. Do velho mundo, os alentejanos também continuarão a ter destaque assim como os vinhos verdes. Enfim, o bom vinho, de qualquer procedência, continuará a ter espaço aqui!
O nosso blog continuará o mesmo. A linha editorial será mantida. Os vinhos chilenos e demais Sul-americanos continuarão a ter o mesmo espaço. Do velho mundo, os alentejanos também continuarão a ter destaque assim como os vinhos verdes. Enfim, o bom vinho, de qualquer procedência, continuará a ter espaço aqui! Blog do Jeriel – Non Confunditur

 

(Visited 50 times, 50 visits today)

4 thoughts on “Para os de memória curta, o Blog do Jeriel atuou firmemente no combate das famigeradas Salvaguardas do Vinho”

  1. Parabens pela atitude sincera e clara sobre o assunto, ao contrario de muitos que não exteriorizam opinião própria com medo de retalhaçao. Jeriel, o seu reconhecimento vem dos acessos, cada vez mais crescente, sendo mais relevante do que qualquer evento. Parabéns pelo seu blog, um dos melhores sobre o assunto. Abraços.

  2. Jeriel, estamos com você. Hoje está cada vez mais difícil encontrar pessoas sinceras e honestas. Somos todos contra as salvaguardas dos vinhos. Nunca desanime, continue sempre com o excelente profissionalismo claro, objetivo e sincero. Parabéns! Grande Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *