Os vinhos de excelência do enólogo Anselmo Mendes

No último dia 31 de março, a importadora Decanter ofereceu degustação seguida de almoço com a presença de um dos mais talentosos enólogos de Portugal, Anselmo Mendes. Pela Decanter, estiveram presentes além de Edson Hermann, os sommeliers Cézar França e Leandro Mattiuz.

2015-03-31 14.52.56

 

Como sabemos,  Anselmo Mendes é um dos mais destacados vinicultores da região de Vinho Verde no Norte de Portugal. Ele nasceu na sub-região de Monção, famosa por seus Alvarinhos e onde vive atualmente. Antes de começar sua própria produção, trabalhou para a Egrégia CVRVV e também prestou serviços à Borges, onde ainda dá consultoria. Mendes elaborou o primeiro vinho com seu nome em 1998; seus rótulos foram consagrados pela crítica, mas ele ainda trabalha como consultor de diversos produtores portugueses muito famosos. O Muros Antigos Alvarinho é um branco vigoroso, com algum frescor, enquanto o Muros Antigos Loureiro, revela um caráter mais vívido, jovial e herbáceo. O Muros de Melgaço Alvarinho é fermentado em carvalho francês e mostra boa intensidade e textura. O Anselmo Mendes Alvarinho é o melhor branco – o uso de cascas na maceração resulta num agradável frutado herbáceo, com notas de melão, tangerina e pêra. Fonte: O Grande Livro dos Vinhos – 1a. Edição – Publifolha – 2012

 

Cézar, Anselmo Mendes, Edson e Lenadro no "Tasca do Zé e da Maria"

Cézar, Anselmo Mendes, Edson e Lenadro no “Tasca do Zé e da Maria”

Foram degustados os seguintes vinhos:

 

Muros Antigos Loureiro Escolha Vinho Verde 2014

Muros Antigos Alvarinho Vinho Verde DOC Monção e Melgaço 2014

Muros Antigos Avesso Escolha Vinho Verde 2014

Curtimenta Alvarinho Vinho Verde 2013

Expressões Alvarinho 2013

Parcela Única Vinho Verde 2013

Alvarinho Muros Antigos Alvarinho Vinho Verde 2012

Pardusco Tinto DOC Vinho Verde 2012

 

2015-03-31 12.58.42

 

Muros Antigos Vinho Verde DOC Loureiro Escolha 2014 – Álcool: 12% – garrafa trazida pelo enólogo – Palha com reflexo esverdeado límpido e brilhante. Aromas cítricos e minerais revezam-se entre si formando um conjunto agradável e convidativo. No paladar revela caráter vívido, jovial e levemente herbáceo, com sua acidez cítrica completando o conjunto que é balanceado e prazeroso. Termina sem amargor. Avaliação: 88-89/100 pts.

2015-03-31 13.28.09

 

 

2015-03-31 13.30.28

 

Muros Antigos Alvarinho Vinho Verde DOC Monção e Melgaço 2014 – Álcool: 12,5% – garrafa trazida pelo enólogo – Palha com reflexo esverdeado. Aromas florais, cítricos e minerais tudo entrelaçado harmonicamente, tudo se repetindo no paladar quando se mostrou um branco vigoroso, fresco e com alguma untuosidade. Um vinho clássico, puro e de nítida vocação culinária. Avaliação: 90/100 pts.++

 

2015-03-31 13.30.40

 

Muros Antigos Avesso Vinho Verde 2014 (garrafa sem rótulo) – Palha límpido e brilhante. Aberto nos aromas com notas florais (flores do campo, rosas) sobre um destacado fundo mineral. Na boca a mineralidade se repete ao lado de notas de frutas de polpa branca. Macio, de acidez delicada, termina com média persistência deixando uma pincelada cítrica no paladar. Avaliação: 88/100 pts.

 

 

2015-03-31 13.35.40

 

Curtimenta Alvarinho 2013 – Álcool: 13% – Região: Minho/Vinho Verde/Subregião de Monção e Melgaço – aqui a fermentação se dá com as películas para dar cor mais intensa. A fermentação “sur lie” ocorre durante nove meses, em barricas francesas novas e usadas. O vinho afina por mais seis meses na garrafa antes de sua liberação ao mercado. Análise organoléptica: palha com reflexo dourado. Aromas complexos com notas florais e cítricas sobre um fundo defumado. Boca de sólida estrutura, acidez firme e ao mesmo tempo delicada, álcool integrado, sugestões cítricas e de frutas de polpa branca. O fim-de-boca também é longo, empolgante, marcado pela maciez. Avaliação: 90/100 pts.+

2015-03-31 13.35.56

 

 

Anselmo Mendes

Em pé, ao fundo, Anselmo Mendes

 

 

 

Um dos prediletos deste escriba esbanjou frescor!

Um dos prediletos deste escriba esbanjou frescor!

 

Anselmo Mendes Alvarinho “Expressões” DOC Vinho Verde 2013 – Álcool: 13% – O “Expressões” é um Alvarinho cujas cascas utilizadas na maceração resultam num agradável frutado herbáceo, com notas de melão, tangerina e pêra. No paladar é extremamente macio, acídulo, vivaz e mineral. Complexo e largo no meio de boca, seu final é redondo e sem arestas. Avaliação: 90-91/100 pts. 

 

2015-03-31 13.46.34

 

 

 

2015-03-31 14.13.17

 

Alvarinho Muros de Melgaço Vinho Verde 2012 – Álcool: 13% – Região: Melgaço – O Muros de Melgaço Alvarinho exibiu cor amarela na transição para dourado. Nos aromas nota-se que se trata de um branco fermentado em carvalho francês por conta de suas notas lácteas, leve floral e no paladar mostra boa intensidade e textura de fruta. A barrica está judiciosamente integrada e não prejudica o frescor do vinho, ao contrário, lhe dá complexidade e longevidade. Um vinho hedonista, que tem longa sobrevida na garrafa. Avaliação: 90-91/100 pts.++ 

 

2015-03-31 14.13.42

 

 

 

 

Parcela Única outro Alvarinho que se destacou.

Parcela Única outro Alvarinho que se destacou.

 

Parcela Única Alvarinho 2013 – Região: Minho/Vinho Verde/Subregião de Monção e Melgaço – vinho amadurecido nove meses em barrica de carvalho de primeiro uso, com levantamento semanal das borras (a famosa bâtonnage). Análise organoléptica: Palha límpido brilhante. Aberto nos aromas com notas predominantemente cítricas sobre um elegante fundo mineral. Na boca sua entrada revelou um alvarinho rico, marcado pelo frescor e pela elegância de sua acidez delicada. Firme, assertivo, elaborado após dez anos de estudos sobre vinte parcelas, onde apenas uma se destacou nesse período, este Parcela Única na humilde opinião deste escriba é um dos melhores brancos de Anselmo Mendes, consequentemente um dos expoentes da moderna vinicultura de Portugal, que se destaca na valorização das castas autóctones. Termina macio convidando o degustador para mais um gole ou mais uma taça. Esplêndido! Avaliação: 92/100 pts.

 

Pardusco tinto, um dos destaques da degustação!

Pardusco tinto, um dos destaques da degustação!

 

Pardusco Tinto DOC Vinho Verde 2012 – Álcool: 12,5% – Região: Minho – Monção e Vale do Lima – Variedades: Alvarelhão, Pedral, Cainho, Borraçal e Vinho (5%) – Preço: R$ 94 – Vermelho-rubi de média intensidade, eis que consoante explicação de Anselmo Mendes são utilizadas castas de pouca cor e a maceração é curta. Aberto nos aromas vinosos, fruta vermelha ácida, uma ponta de vinho fortificado, vermute sobre um fundo vegetal. Boca macia, leve, com o frescor proporcionado pela boa acidez dando o tom. Os taninos também são gentis, num tinto de estilo sumarento (algo cítrico), fácil de beber, fácil de gostar. Avaliação: 88-89/100 pts.

 

2015-03-31 15.33.44

 

 

 

Considerações de Anselmo Mendes

Provavelmente 2014 foi o ano que mais se falou de Alvarinho.
Janeiro é o mês de balanços, façamos também o nosso:
– O Alvarinho Parcela Única 2011 foi o único vinho branco com prêmio excelência nos óscares da Revista de Vinhos em Fevereiro de 2014.
– O Alvarinho Parcela Única 2012 foi o Alvarinho mais pontuado no Robert Parker by Mark Squires 94 pontos, o critico de vinhos mais reconhecido do Mundo.
– O Muros Antigos Escolha 2013 foi Best Buy na Wine Enthusiast USA e Anselmo Mendes considerado Master of Cool pela mesma revista.
– No guia mais vendido e prestigiado em Portugal do critico João Paulo Martins os nossos vinhos Muros de Melgaço, Curtimenta e Parcela Única foram os 3 Alvarinhos mais pontuados.
– No Guia de Compras da Revista Vinhos o Parcela Única 2012 é o Alvarinho mais pontuado.
– O Alvarinho Curtimenta 2012 foi a Escolha da Imprensa numa prova de mais de 20 críticos e jornalistas Portugueses.
Anselmo Mendes foi Personalidade do Ano 2014 na Polônia pela mais prestigiada revista Polaca.
– 2014 foi ano recorde de vendas do Alvarinho Muros de Melgaço.
– 2014 o Alvarinho Contacto foi campeão de vendas na Suécia (+50%) ao lado dos Franceses de Chablis e Sancerre.
– 2014 foi o nosso ano recorde de vendas com 70% na exportação.

Um especial agradecimento aos nossos colaboradores, distribuidores e clientes.
A todos bem hajam.
Esperemos fazer melhor em 2015!

Anselmo Mendes

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *