Portus

Fundada em 1922, a Bacalhôa Vinhos de Portugal S.A., inicialmente sob a designação de João Pires & Filhos, fez um longo percurso até afirmar-se como um dos mais inovadores produtores de vinhos em Portugal. No final dos anos 1970, Antônio D’Avillez tornou-se o maior acionista e passou a conduzir a empresa de forma dinâmica, diversificando o portfólio de marcas para produzir vinhos de relação qualidade/preço atraente para os consumidores. Em 1998, o Comendador José Berardo tornou-se o principal acionista, prosseguindo a missão de modernização da empresa. Em seguida, no ano 2000 adquiriu a Quinta e o Palácio da Bacalhôa. Depois associou-se ao grupo francês “Lafite Rothschild” da Quinta do Carmo, que agora lhe pertence na totalidade. Atualmente, a “Bacalhôa Vinhos de Portugal S.A.“, produz vinhos em três regiões diferentes, nomeadamente Setúbal, Alentejo e Estremadura e faz parte do “Grupo dos Sete” mais importantes produtores de vinhos de Portugal. Arte, Vinho e Paixão se constituem no slogan da Bacalhôa, que aposta no seu patrimônio cultural e na riqueza do vinho.

As variedades escolhidas para a elaboração do Quinta da Bacalhôa, a Cabernet sauvignon e a Merlot beneficiam de condições naturais para uma maturação lenta e equilibrada. Em 2012, tanto o Merlot como o Cabernet sauvignon apresentaram à vindima, uvas muito sãs, bem maduras, com taninos redondos e presentes. A vindima decorreu normal dada a grande qualidade das uvas. Após a fermentação dos vinhos elementares a temperatura controlada, seguiu-se um período de «cuvaison» (maceração pelicular pós-fermentativa) de uma semana.
As variedades escolhidas para a elaboração do Quinta da Bacalhôa, a Cabernet Sauvignon e a Merlot beneficiam de condições naturais para uma maturação lenta e equilibrada. Em 2012, tanto  Merlot como Cabernet Sauvignon apresentaram à vindima, uvas muito sãs, bem maduras, com taninos redondos e presentes. A vindima decorreu normal dada a grande qualidade das uvas. Após a fermentação dos vinhos elementares a temperatura controlada, seguiu-se um período de «cuvaison» (maceração pelicular pós-fermentativa) de uma semana.

Degustação –

Quinta da Bacalhôa Cabernet Sauvignon – Vinho Regional da Península de Setúbal 2012 – Álcool: 14,5% – Variedades: Cabernet Sauvignon (90%) e Merlot (10%) – A Quinta da Bacalhôa está localizada nas meias-encostas de Azeitão viradas a Noroeste. Encontra o “terroir” ideal para a produção de excelentes vinhos – solos calcários vermelhos e bem drenados com clima ameno devido à forte influência atlântica. Análise organoléptica: vermelho-rubi intenso, profundo com reflexo púrpura nas bordas. No nariz delicados aromas florais e balsâmicos coadjuvados por notas de cerejas, mentol e de madeira nobre (onze meses em barricas novas de carvalho francês). Na boca a força de seus taninos encontra contraponto na acidez de nítido viés gastronômico. O álcool elevado confirma a estrutura e provoca leve aquecimento no palato. A sua fruta aliada ao acento mineral confirmam sua complexidade e tipicidade no mais consistente dos Cabernets lusitanos (respeitadas as opiniões em sentido contrário). Profundo e de boa persistência, tem um final seco e prolongado. O melhor Bacalhôa dos últimos cinco anos. Avaliação: 90/100 pts.++

A safra 2012 já obteve diversas premiações: Revista de Vinhos - 17,5 Pontos (2015) Decanter World Wine Awards - Commended Medal (2015) Internacional Wine Challenge - Commended Medal (2015) Concurso de Vinhos da Península de Setúbal - Gold Medal (2015) Internacional Wine & Spirits Competition - Bronze Medal (2015) Concurso Vinhos de Portugal - Silver Medal (2015)
A safra 2012 já obteve diversas premiações:
Revista de Vinhos – 17,5 Pontos (2015)
Decanter World Wine Awards – Commended Medal (2015)
Internacional Wine Challenge – Commended Medal (2015)
Concurso de Vinhos da Península de Setúbal – Gold Medal (2015)
Internacional Wine & Spirits Competition – Bronze Medal (2015)
Concurso Vinhos de Portugal – Silver Medal (2015)

Portus

(Visited 470 times, 469 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *