D.V. Catena Cabernet-Cabernet 2010

2016-09-25-20-28-40

Nicolas Catena revolucionou e posicionou os vinhos argentinos em nível mundial. Obsessivo, preocupa-se em elaborar minuciosamente vinhos modernos com sutileza, elegância e a complexidade dos vinhos do “Velho Mundo”. A bodega foi criada com inspiração num templo Maia em Agrelo e está rodeada por vinhedos. E o principal é que se trata de uma bodega que não dorme sobre seus louros: experimenta novas cepas, elabora blends de terroirs diferentes segundo tendência contemporânea. Enfim, sempre está inovando. Fonte: “Los Buenos Vinos Argentinos – E. Checa e M. Cuccorese”.

2016-09-25-19-56-03

Degustação

D.V. Catena Cabernet  – Cabernet – safra: 2010 – álcool: 13,9% – regiões: Agrelo (940 mts.) e Gualtallary (1480 mts.) – Variedade: Cabernet Sauvignon – preço: R$ 196,27 –importador: Mistral – amadurecido durante 24 meses em barrica de carvalho francês 80% novas. Exibiu cor vermelho-rubi brilhante, límpido com nítido halo granada. Logo no início, surgiu uma nota floral (violetas) que se destacou. Após alguns minutos no decantador, frutas negras e vermelhas em profusão sobre um fundo abaunilhado e uma ponta de licor de cassis. Na boca, a sua entrada revelou um vinho que se destaca por seu equilíbrio gustativo, por força de seus taninos maduros que revelam um vinho de  grande concentração de sabor sem perder de vista a delicadeza e a elegância, atributo essencial de qualquer Catena. Um de seus  maiores destaques é a textura de seus taninos sedosos, a indicar que o vinho está num ótimo momento para ser bebido. Álcool integrado. Fim-de-boca persistente. Avaliação: 90/100 pts.+

2016-09-25-20-04-38

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *