Vinho do Ano 2016 – Valduero Crianza DOC Ribera del Duero 2011

Ano

 

Sobre Ribera Del Duero –

Limitada por características geoclimáticas únicas, Ribera del Duero está situada na confluência de quatro províncias da Comunidade Autônoma de Castilla y León: Burgos, Segovia, Soria y Valladolid, totalizando 102 vilas. Com uma rica história, as primeiras vinícolas da área surgiram no interior dessas províncias já no século XIII, tornando-se assim parte importante do desenvolvimento cultural e econômico da região.

O clima especial faz das uvas e dos caldos locais produtos únicos. Com baixo índice de chuvas ao longo do ano e duas estações bem definidas, com verões secos e invernos longos e rigorosos, a temperatura na região varia entre -18 ºC e 40 ºC.

Atualmente o vinho da D.O. Ribera del Duero é o segundo mais vendido da Espanha. Em geral, são bebidas ousadas, potentes, cheias de fruta e com impressionante capacidade de envelhecimento. Essas qualidades se obtêm da variedade Tempranillo ou Tinta del País, perfeitamente adaptada ao clima extremo da região.

Ribera del Duero

A combinação de poder e elegância tem sido a assinatura do Tempranillo da Ribera del Duero e a contribuição da região na elaboração de vinho. As outras uvas tintas locais mais usadas são Garnacha, Cabernet Sauvignon e Merlot. Já a uva branca representa 16,5% do total da produção, sendo que a mais empregada é a Albillo ou Blanca del Pais, com a qual se obtém um excelente vinho rosado suave, afrutado e fresco ao paladar.

Os rótulos da D.O Ribera del Duero se dividem em: Tintos Jovens, sem permanência ou com tempo inferior a 12 meses em barris de carvalho; Tintos Crianzas, com mínimo de 12 meses em contato com o carvalho; Tintos Reserva, com 36 meses de amadurecimento entre o carvalho e a garrafa, sendo um mínimo de 12 meses no tonel; e os Tintos Gran Reserva, com mínimo de 60 meses de envelhecimento e 24 meses em contato com a madeira; Rosados, elaborados com um mínimo de 50% das variedades das uvas autorizadas, são fermentados sem a casca de uva, e podem ser consumidos pouco tempo depois da colheita.

Todos os vinhos são produzidos de acordo com o Regulamento da Denominação de Origem Ribera del Duero. Para que possam utilizar o selo de origem, as bebidas são submetidas a um processo de qualidade, testes e análises instrumentais e orgânicas desenvolvidos pelo Conselho Regulador. Hoje em dia, essas novas tecnologias e técnicas modernas, assim como o respeito pelas tradições, têm conduzido a qualidade dos vinhos ali produzidos ao mais alto desempenho. Fonte: portal da Câmara Oficial Espanhola de Comércio no Brasil.

Vinhos Valduero - Ribera del Duero

Vinhos Valduero – Ribera del Duero

Sobre a Bodega Valduero –

Fundada em 1984 em Gumiel de Mercado,Bodega Valduero se instalou em Ribera del Duero, numa época em que somente existiam seis bodegas engarrafadoras de seus próprios vinhos. Com o passar dos anos a família Garcia-Valduero incrementou sua produção e hoje conta com mais de 200 hectares de Tinto Fino/Tempranillo. No ano 2.000, houve a construção de uma nova bodega, focada na qualidade técnica, sem perder de vista os métodos tradicionais de elaboração. Nessa nova bodega, os vinhos são vinificados em cubas de aço inox, amadurecem em barricas e são engarrafados. Atualmente, a bodega conta com 2.500 barricas e um milhão de garrafas, onde os vinhos descansam até que sejam considerados prontos para consumo.

2017-01-12 14.03.36

Sim, o Valduero Crianza foi o melhor vinho que provamos ao longo de 2016. Por quê? A resposta é simples. Provado diversas vezes mostrou-se constante. No fim do ano passado degustamos um 2007 que se mostrou perfeito na taça. Este 2011 foi elaborado com uvas de uma ótima safra em Ribera del Duero – Espanha. Seu preço não é baixo, mas num site de vinhos on-line é possível encontrá-lo por menos de R$ 200 (veja abaixo). Enfim, é um Crianza com qualidade de Reserva ou até Gran Reserva!

Degustação –

Valduero Crianza 2011 – álcool: 14% – Variedade: Tinto Fino – região: Ribera del Duero – Evino – Preço: R$ 169,90 – vermelho-rubi intenso com reflexo violáceo. Aromas complexos com notas frutadas tendo como contraponto toques florais, chocolate e coco emoldurando o conjunto. A boca praticamente confirmou o nariz, com taninos sedosos, bom frescor proporcionado pela acidez intensa e uma ótima expressão de fruta (nem os quinzes meses de madeira + 12 meses de garrafa a ofuscaram). Álcool generoso sem incomodar. Os taninos estão presentes mas são de ótima qualidade, enfim tudo no lugar certo e muita tipicidade aliada a alguma sofisticação neste tinto profundo e suculento no paladar. Além disso, tem a favor de si a constância e regularidade, justificando as elevadas pontuações da crítica internacional. Last but not least, é um tinto que envelhece muito bem na garrafa, veja abaixo texto do nosso Instagram da degustação recente de um exemplar da safra 2007. Premiações: melhor vinho da Espanha 2015 – “Guia de Vinos Gourmets” e Medalha de Ouro no “Concours Mondial Bruxelles”. Avaliação: 91/100 pts.+

14591939_1906998482861657_552782129449140224_n

@jerieldacostaValduero Crianza 2007 – indubitavelmente o melhor crianza espanhol. Com quase dez anos sua qualidade está no mesmo nível de diversos reservas de Ribera del Duero, região na qual a Tinta Fina ou Tinto Fino (tempranillo) pontifica. Um vinho macio, gostoso, de muita persistência. Para ser comprado de caixa fechada. #blogdojeriel#riberadelduero #valduero #tintafina # tintofino #tempranillo #bodegavalduero#vinodeespana

Premiações: Best Wine Of Spain 2015 – Guia de Vinos Gourmets España e Medalha de Ouro no Concours Mondial de Bruxelles –

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *