Vinhos Sicilianos na Confraria Vinho & Boa Cia.

2016-11-08-20-57-38

Confraria Vinho & Boa Cia. reuniu-se na noite de 08.11.2016 para degustar às cegas “vinhos sicilianos”. Estiveram presentes os confrades: Ricardo, Monica, Paulo Guerra, Flávio, Cecília, Paulo Morais, Márcia, Chico, Laura e este redator. Ausentes justificadamente: Nubia e Bibe. A coordenação do mês coube ao Francisco (Chico) que elegeu o tema e o restaurante Rubayat – Faria Lima, que recebeu os confrades com bom atendimento. A seguir a lista dos vinhos (degustados às cegas) na ordem decrescente de preferências:

2016-11-08-22-18-01

5° lugar – Gulfi Neromàccarj Nero D’Ávola 2007 Sicilia IGT – vinho orgânico – Álcool: 14,50% – Preço: R$ 254,87 – vermelho-rubi de média intensidade com leve halo granada em formação. No olfato exibiu uma verdadeira paleta de aromas que começou com toques florais, frutas negras, hortelã sobre um fundo defumado e discreto oxidado. Na boca o que chamou atenção foi a sua fruta fresca coadjuvada por taninos finíssimos, acidez intensa a provocar excelente salivação no palato e um fim-de-boca impressionantemente harmônico e fresco. Para os fãs da variedade como este escriba este tinto orgânico foi uma das surpresas da degustação. Avaliação: excelente.

2016-11-08-22-17-57

4° lugar – Calatrasi & Micciché Syrah IGT Terre Siciliane 2013 – Álcool: 14% – Importador: St. Marché – Preço médio: R$ 112 – vermelho-rubi com reflexo violáceo a denotar juventude. Aromas frutados com notas de amoras e cerejas maduras sobre especiarias (cravo e noz moscada). Na boca taninos macios, madeira integrada à fruta. Aliás, um vinho de perfil equilibrado, típico, pronto para ser bebido, de média/longa persistência e boa acidez. Avaliação: excelente.

2016-11-08-22-17-52

3° lugar – Gulfi Nerojbleo Nero D’Ávola 2010 Sicilia IGT – vinho orgânico – Álcool: 13,50% – importador: Decanter – Preço: R$ 191,70 – vermelho-rubi intenso, profundo sem halo de evolução. No olfato, aromas de média intensidade mas de grande complexidade. Na realidade exibiu uma verdadeira paleta de aromas com frutas negras em compota, especiarias sobre um fundo mentolado com discreta mineralidade (solos vulcânicos). Na boca o que chamou atenção foi a sua fruta fresca coadjuvada por taninos finíssimos, acidez intensa a provocar excelente salivação no palato e um fim-de-boca impressionantemente harmônico, limpo e fresco. Álcool na medida certa. Madeira integrada (seis meses de amadurecimento em barrica). Para os fãs da variedade como este redator este tinto orgânico é surpreendente e vale o preço. Avaliação: excelente.

2016-11-08-22-17-48

Sicilia

 

2° lugar – Lamuri Nero d’Avola Sicilia IGT 2011 – Álcool: 14% – Preço: R$ 175,10 – Importador: Mistral – vermelho-rubi de média intensidade. Aromas repletos de notas de frutas vermelhas e negras, com um toque de tabaco e um paladar macio e rico, de taninos redondos, acidez salivante, um toque picante, álcool+, enfim, dotado de estilo que agrada a todos os paladares. Avaliação: excelente.

 

2016-11-08-22-17-42

1° lugar – Duca di Salaparuta “Duca Enrico” Sicilia IGT 2005 – Álcool: 12,5% – Variedade: Nero D’Ávola – Região: Sícilia – Importador: Bruck –  O Duca Enrico Duca di Salaparuta IGT 2005 é um verdadeiro ícone, expressão máxima da Nero D’Avola na Sicília, um tinto poderoso, encorpado, acídulo, profundo, salivante, quente. Amadurecido dezoito meses em barricas de carvalho de origem não divulgada, afinou por mais um ano na garrafa antes de ser liberado ao mercado. O extinto Saul Galvão apontava-o como melhor tinto siciliano. E, de fato, não nos decepcionou. Boca cheia de vida, com o frescor da acidez pulsante dando balanço e vivacidade ao conjunto. A cor é sedutora, muito brilhante. O corpo é pleno. Repetiu a mineralidade sinalizada no nariz. Está no auge da evolução. Justificou a boa fama e assim deve permanecer por mais algum tempo. Avaliação: excelente+

 

 2016-11-08-22-17-34

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *