Um tinto bordalês que tropeça no preço: Les Granges des Domaines Rothschild 2011

01 E

Informa (laconicamente) o importador sobre o Les Granges des Domaines Rothschild que: “Second vin” de três importantes propriedades, combina vinhos dos Châteaux Clarke, Malmaison e Peyre-Lebade. Aromas de frutas vermelhas, acidez fresca e o estilo mineral característico da região, com notas tostadas e de cedro das barricas francesas”.

2016-12-22 22.00.36

Degustação –

Les Granges des Domaines Rothschild 2011 – Álcool: 13% – Variedades:  Merlot (70%), Cabernet Sauvignon (20%), Cabernet Franc (10%) – Região: Bordeaux – Preço: R$ 199 (safra 2013) – Importador: ZAHIL – produzido por Edmond de Rothschild, este tinto “levemente encorpado” amadureceu de 12 a 14 meses em barricas francesas. Análise organoléptica: vermelho-rubi de média intensidade, tem aromas herbáceos e de frutas negras em compota. Boca no mesmo diapasão, dotada de taninos macios, acidez média e uma ponta de álcool. Ligeiro acento mineral, mas as notas tostadas e lenhosas acabam por sobressair. Corpo médio para magro ressentindo-se de concentração e potência, atributos que não podem faltar a um Bordeaux de nomeada como este “Les Granges”. Termina sem amargor, mas seu fim de boca não empolgou. Enfim, este redator já provou duas outras safras mas nenhuma entusiasmou. Um vinho carente de personalidade e de pegada, não obstante as abalizadas opiniões em sentido contrário. Há outros tintos bordaleses no mercado que entregam mais pelo seu dinheiro. Enfim, não é um vinho ruim, mas poderia ser melhor! Avaliação: 86/100 pts.

2016-12-22 22.00.44

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *