Enoturismo no Uruguai: Bodega Garage Casa Grande Arte & Vina

2017-05-14 18.40.47

Durante os dias 13 a 16 de maio, este redator esteve no Uruguai para conhecer as vinícolas integrantes do grupo “Micro-terroir-istas”. Conhecer este projeto é reconhecer o esforço de pequenos produtores e a busca da excelência em vinhos e qualidade de vida: “Nos unen las diferencias” é o slogan do grupo. A terceira vinícola visitada em 14 de maio de 2017 foi a “Bodega Garage Casa Grande Arte & Vina”, localizada na Rodovia Interbalneária km 23.900 (Camino de los Horneros – s/n), Canelones, Uruguai – e-mail: info@vinoscasagrande.com  – Tel: (+598) 099120862 –

Sobre a Bodega Garage Casa Grande & Vina –

Na Casa Grande viviam Gaitan, Chicha e três filhos: Teresa, Juan e Washington. Foi construída por eles e para eles há 60 anos, quando na região havia apenas casas e chácaras,  poucas pessoas viviam lá e a estrada dos João-de-barro era inteiramente de terra.

Esta Casa Grande, a de maior tamanho entre as casas que a rodeiam, é grande também pela história que detém. A história tem Gaitán e Chicha como protagonistas, com sua sabedoria e experiência, suas histórias, suas experiências, seus relatos  e receitas.

A vinícola teve grande impulso à partir de 2013, com o restauro de um galpão construído pelo avô da jovem e dinâmica enóloga Florencia Casa Grande. A área total da propriedade compreende 23 hectares, sendo 10 cultivados com as variedades Albariño, Sauvignon Blanc, Viognier, Arinarnoa, Merlot, Cabernet Sauvignon, Marselán, Caladoc, Tannat, Tempranillo e até Nebbiolo, destacando que os vinhedos estão a 10 km em linha reta do Rio da Prata. A seguir as descrições e avaliações dos vinhos degustados numa degustação coordenada por Florencia, que esclareceu que os rótulos dos vinhos foram elaborados pelo artista plástico uruguaio (estilo expressivo) Gastón Izaguirre:

Casa Grande Arte & Viña Albariño 2016 – Álcool: 12,5% – a Albariño mostra boa adaptação ao solo franco-argiloso da região de Canelones resultando em vinhos de excepcional tipicidade no Uruguai, que assim tem uma variedade branca alternativa às sobejamente conhecidas variedades ditas internacionais Chardonnay e Sauvignon Blanc. Análise organoléptica: palha brilhante, translúcido. Aberto nos aromas frutados – pêssego, damasco e notas cítricas perfazendo um conjunto solidamente complexo, de ampla sustentação na taça. No paladar, a sua entrada revelou um vinho “gordo”, volumoso, suculento, de acidez pulsante e ao mesmo tempo delicada, no qual o frescor se destaca ao lado da maciez do conjunto. Além disso, na boca tivemos a confirmação da fruta sinalizada no olfato. Enfim, adjetivos não faltam a este branco surpreendente, dotado de leve salinidade, saboroso e detentor de elegante caráter varietal, que se mantém no fim-de-boca deste agradável, equilibrado e alvissareiro vinho branco. Avaliação: 91/100 pts.+

2017-05-14 18.57.51

Casa Grande Arte & Viña: os quatro rótulos da esquerda para direita são do artista plástico uruguaio Gastón Izaguirre

2017-05-14 18.55.28

Casa Grande Arte y Viña Sauvignon Blanc 2017 – Álcool: 13% – elaborado com clones franceses e sul-africanos, na taça exibiu cor palha verdeal brilhante. Aberto nos aromas com notas herbáceas e cítricas. Boca no mesmo diapasão, fresca, fluída, como convém a um Sauvignon Blanc. Vinho jovem e correto de nítida influência atlântica, ressentido-se apenas de um pouquinho mais de “pegada”. Avaliação: 88-89/100 pts.

2017-05-14 18.23.54

Casa Grande Arte y Viña Cabernet Franc 2015 – Região: Canelones – Álcool: 12,5% – vermelho-rubi com reflexo violáceo intenso. Aromas tostados e de chocolate sobre um leve toque animal. Uma ponta de “brett”. Na boca um vinho de médio corpo, taninos macios, acidez e álcool entrosados. Frutado, fácil de beber, compacto, muito fresco e com a madeira bem colocada (quatro meses de carvalho americano de segundo uso). Tem boa tipicidade, reforçando a assertiva de que a Cabernet Franc é uma das melhores variedades tintas do Uruguai. Avaliação: 89/100 pts.

2017-05-14 18.56.13

Casa Grande Arte y Viña Merlot 2015 – Álcool: 12,5% – Região: Canelones – vermelho-rubi com reflexo violáceo intenso. Aromas frutados plenamente confirmados no paladar, macio e balanceado. Taninos presentes conferindo-lhe vigor e álcool entrosado. Um bom Merlot que poderia ter um pouco mais de corpo. Avaliação: 88/100 pts.

2017-05-14 18.56.34

Casa Grande Arte y Viña Tannat 2015 – Álcool: 13% – Região: Canelones – vermelho-rubi com reflexo violáceo intenso. Aromas herbáceos típicos da variedade sobre um fundo terroso. Na boca é vinho de médio corpo, cujos taninos estão presentes conferindo-lhe alguma adstringência, acidez e álcool em harmonia. Notas de fruta cozida e um discreto amargor no fim-de-boca completam o conjunto deste Tannat de boa tipicidade, sem passagem por madeira. Avaliação: 88/100 pts.

A seguir dois vinhos da “Línea Reserva Varietal”:

Arinarnoa

Casa Grande Arte y Viña Arinarnoa  2015 – Álcool: 13% – Região: Canelones – vermelho-rubi com reflexo violáceo intenso. Aromas tostados sobre um toque de ameixa e marmelada. Na boca um vinho de médio corpo, taninos macios e acidez correta. Madeira bem colocada (quatro meses em carvalho americano de segundo e terceiro usos) e reminiscências de fruta em compota. Uma ponta de álcool num tinto crocante, de boa tipicidade. Não custa lembrar que essa casta é plantada com sucesso na Serra Gaúcha, sendo um cruzamento da Merlot com a Petit Verdot. Avaliação: 89/100 pts.

2017-05-14 18.48.36

Casa Grande Arte y Viña Tannacito 2015 – Álcool: 13,5% – Região: Canelones – vinho amadurecido durante 16 meses em barricas de carvalho francês de primeiro uso. Apenas 300 garrafas produzidas. Análise organoléptica: vermelho-rubi com reflexo violáceo intenso, profundo. Aromas vegetais que logo cederam espaço para notas de coco e alguma fruta sobre um fundo herbáceo típico da variedade. Na boca é um tinto potente, encorpado, com uma pontinha de álcool que não incomoda. Taninos de boa textura. Acidez média e fim-de-boca persistente. Vai ganhar harmonia com mais algum tempo de garrafa. Avaliação: 89-90/100 pts.+

Casa Grande Arte y Viña “Super Blend*”  2015 – Álcool: 13% – Variedades: Merlot, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Arinarnoa, Tannat e Tempranillo – Região: Canelones – vinho amadurecido durante 18 meses em barricas de carvalho francês de primeiro uso. Apenas 900 garrafas produzidas. Análise organoléptica: vermelho-rubi límpido, brilhante e profundo. Aromas florais, terrosos sobre um fundo a lembrar especiarias doces (canela principalmente). Na boca um tinto potente e encorpado, paladar voluptuoso dominado por várias capas de sabores com frutas negras e vermelhas revezando-se entre si ao lado de notas de coco e baunilha. Taninos textura fina. Acidez correta e fim-de-boca persistente. Um tinto surpreendente que prova que o todo é superior à soma das partes. Avaliação: 91/100 pts.++

  • = vinho sem rotulagem e ainda sem nome. “Super Blend” é uma sugestão deste redator.
Gaston Izaguirre

Gaston Izaguirre autor dos rótulos

CONCLUSÃO

 Casa Grande Arte & Vina é uma jovem bodega que tem um longo caminho a ser percorrido, mas que nem por isso deixa de produzir bons brancos e tintos. Na realidade, seus vinhos da denominada “Línea Joven – Colección Artística” tem nível de qualidade similar ao de outras vinícolas do Uruguai, e a isso se acrescenta o bom gosto dos rótulos que são um importante item de diferenciação. Mas os vinhos que realmente são empolgantes são aqueles que “estão por vir”. Explico. Tivemos a oportunidade de provar a safra 2016 do excepcional Albariño (a 2017 já está a caminho). Um branco que já nasce como um dos paradigmas da variedade no Uruguai. Depois passamos para uma prova do vinho que será o “topo de gama” e que apelidamos de “super blend”. Elaborado artesanalmente como gosta de assinalar Florencia Casa Grande, na taça revelou-se um tinto com plenas condições agradar o público. Encorpado, suculento, potente e aveludado. Tudo o que se espera de um grande vinho! Enfim, essa pequena vinícola Cisplatina ainda vai dar muito o que falar, aliás, por ainda não ter representante no Brasil está à procura de importador. O contato pode ser diretamente com Florencia: info@vinoscasagrande.com  

Florencia Casa Grande

Florencia Casa Grande

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *