Vinhos do Uruguai avaliados pelo Sommelier Sueco Andreas Larsson

Em sua recente visita ao Uruguai, o sommelier sueco Andreas Larsson teve oportunidade de degustar 108 vinhos. Aqui  oferecemos uma síntese de suas pontuações mais relevantes – 

Texto de Viviana del Rio publicado no Newsletter #138 – Bodegas de Uruguay traduzido por Jeriel da Costa –

larsson-92-puntos-ppal

Crédito da imagem supra: Claudio Angelotti

Poucos dias foram suficientes para que Andreas Larsson (de origem sueca exercendo suas atividades em Paris) tivesse uma primeira impressão muito impactante da vitivinicultura do país cisplatino. Doravante, vamos analisar as pontuações atribuídas pelo Melhor Sommelier do Mundo em 2007 a alguns dos vinhos do Uruguai, concedidas em degustação realizada em 25 de agosto de 2017 no Hotel Sofitel Carrasco.

Uruguai Andreas Larson

As bodegas que apresentaram seus produtos foram: Alto de la Ballena, Antigua Bodega, Bodegas Carrau, Bouza, BraccoBosca, CampoTinto, De Lucca, El Capricho, Familia Deicas, Familia Pisano, Garzón, Giménez Méndez, Marichal, Narbona, Pizzorno Family Estates, Rodríguez Bidegain, Vinos Finos H. Stagnari, Viña Progreso e Viña Varela Zarranz.

2017-05-14 20.21.09 (Copy)

Para se ter um panorama do desempenho dos vinhos, apresentamos um resumo e destacaremos os vinhos que tiveram pontuação superior a 90/100 pts. Segue link da tabela completa dos vinhos avaliados:

Pontuação Quant.    %

92 Pontos     04      3,7%
91 Pontos     09      8,4%
90 Pontos     13    12,0%
89 Pontos     20    18,5%
88 Pontos     11    10,2%
87 Pontos     12    11,1%
86 Pontos     18    16,7%
85 Pontos     09      8,4%
84 Pontos     06      5,6%
83 Pontos     02      1,8%
82 Pontos     02      1,8%
80 Pontos     02      1,8%

Total         108     100%

Uruguai

Larsson observou em seus comentários o impacto dos vinhos brancos “agradáveis em seus estilos aromáticos e frescos”, todavia, as vinícolas uruguaias apresentaram apenas 16 amostras (15%) num verdadeiro leque de variedades: Albariño (2), Chardonnay (3), Marsanne (1), Pinot Grigio (1), Riesling (1), Sauvignon Blanc (4), Torrontés (1) e Viognier (3). Os brancos que tiveram as maiores pontuações foram Bouza Pan de Azúcar Riesling 2015 (Bouza) e Garzón Reserva Albariño 2016 (Garzón).

Os quatro vinhos de maior pontuação (92) de Larsson foram: Ombú Cabernet Franc 2016 (BraccoBosca), Garzón Reserva Cabernet Franc 2015 (Garzón), Garzón Reserva Marselan 2015 (Garzón) e Aripuca Licor de Tannat Roble (Rodríguez Bidegain).

Surpreendente o excelente desempenho de cepas não tradicionais no país: dois Cabernet Franc e um Marselan. Apesar da preponderância porcentual, nenhum representante de nossa variedade principal – Tannat – atingiu a pontuação máxima de Larsson.

Nove são os vinhos que obtiveram 91/100 pts.: Juan Carrau Tannat Reserva 2015 (Bodegas Carrau), Garzón Single Vineyard Pinot Noir 2016 (Garzón), Garzón Single Vineyard Tannat 2015 (Garzón), Marichal Reserve Collection Tannat 2015 (Marichal), Narbona Tannat Petit Verdot 2013 (Narbona), Etxe Oneko 2011 (Familia Pisano), Río de los Pájaros Tannat 2016 (Familia Pisano), Primo 2013 (Pizzorno Family Estates), Viña Progreso Tannat Reserva 2016 (Viña Progreso).

Bodeguero

Por último, houve 13 exemplares que receberam 90/100 pts.:

Alto de la Ballena – Alto de la Ballena Reserva Tannat Viognier 2013
Alto de la Ballena – Cetus Cuvée (CF-Merlot-Syrah) – 2011
Antigua Bodega – Pedregal Merlot 2015
Bouza – Bouza Pan de Azúcar Riesling 2015
Bouza – Monte Vide Eu 2015
El Capricho – El Capricho Reserve Tannat 2015
Familia Deicas – Deicas Mar de Piedras Vineyard Tannat 2015
Familia Pisano – Cisplatino Tannat 2015
Garzón – Garzón Reserva Albariño 2016
Giménez Méndez – Giménez Méndez Alta Reserva Malbec 2015
Pizzorno Family Estates – Pizzorno Select Blend 2013
Viña Varela Zarranz – Varela Zarranz Fusión Roble Blend 2015
Viña Varela Zarranz – Varela Zarranz Tannat Crianza 2015

2017-05-14 20.21.13 (Copy)

Fonte: http://www.bodegasdeluruguay.com.uy/notas/leer/los_vinos_uruguayos_90_segun_andreas_larsson  – 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *