Anselmo Mendes com sua habitual clareza assinala que “Na Quinta dos Frades, uma das maiores do Douro patrimônio da Humanidade, encontramos vinhas com mais de 90 anos, utilizamos lagares de granito e fizemos este vinho, cujas inúmeras castas que lhe dão origem provém de vinhas tradicionais”. A Quinta dos Frades está localizada em Folgosa do Douro – Armamar, Cima Corgo, região protegida pela serra do Marão, apontada como coração do Douro, de clima habitualmente seco, com invernos frios e verões muito quentes, o solo é de puro xisto,  a vindima manual; vinificação em lagares de granito de grandes dimensões; pisa à moda antiga; trasfega para cubas de aço inox, onde ocorreu o término da fermentação alcoólica; amadurecimento de 14 meses em barricas novas de carvalho francês; engarrafamento em junho de 2011. Produção: 22.400 garrafas

 

Degustação –

Quinta dos Frades Vinhas Velhas Grande Reserva DOC Colheita 2011 – Álcool: 14,5% – Região: Folgosa do Douro/Quinta dos Frades/Douro – Variedades: Touriga Franca e outras castas, todas de Vinhas Velhas – Importador: Decanter – vermelho-rubi intenso com reflexo violáceo. Grande finura aromática com frutos negros, violetas, especiarias sobre um apetecível fundo balsâmico. Paladar volumoso, taninos imponentes e ao mesmo tempo sedosos, de raro equilíbrio, conferindo sofisticação e elegância ao conjunto, forte, empolgante. Álcool generoso. Excelente acidez responsável pelo balanço e frescor do conjunto. Um tinto aveludado e de grande expressão frutal a demonstrar o caráter da Touriga Franca numa safra particularmente excepcional. Final longo, macio, sem arestas. Um belo vinho de grande potencial de guarda. Avaliação: 91-92/100 pts+

(Visited 163 times, 163 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *