Com a objetividade exigida por um guia de vinhos de bolso, Hugh Johnson assinala que: “Silver Oak Napa-Sonoma são vinícolas separadas em Napa Valley  e em Alexander Valley.Produzem exclusivamente Cabernet Sauvignon. Os proprietários obcecados pelo estilo extremo do carvalho Norte-americano têm conseguido a aclamação dos que admiram este tipo de vinhos. Os de Alexander Valley são um pouco mais generosos que os do Napa.”

“Pela regra climática da Califórnia (litoral significa frio), é previsível que Sonoma seja mais frio que Napa, seu vizinho do interior. De modo geral é o que acontece. O Condado de Sonoma produz muito mais uvas do que o de Napa em condições mais diversas, com bem maiores possibilidades de plantio em áreas novas e mais frias. Foi também em Sonoma que os bons vinhos começaram a surgir na Califórnia no início  do século XIX, mesmo que tenha sido superado, no fim do século XX, pelo papel pioneiro de Napa no renascimento vinícola do Estado. Já Alexander Valley, ao Norte de Sonoma, se caracteriza por seu clima quente e solos aluviais nos quais a Cabernet Sauvignon amadurece uniformemente até atingir riqueza peculiar, quase achocolatada, enquanto o terreno mais baixo próximo ao rio pode proporcionar deliciosos Sauvignon Blanc e Chardonnay. Há até algumas velhas videiras de Zinfandel e Sangiovese ao Norte de Alexander Valley ” – fonte: Atlas Mundial do Vinho – Hugh Johnson e Jancis Robinson

Degustação – 

Silver Oak Alexander Valley CS 2005 – Álcool: 13,8% – Importador: www.smartbuywines.com.br -Preço na época da aquisição: R$ 278 – Com 89/100 pts. do “International Wine Cellar” atribuídos em 01.06.2009,   91/100 pts. de Stephen Tanzer  e 90/100 pts. da Revista Wine SpiritsSilver Oak Alexander Valley CS 2005, blend das variedades Cabernet Sauvignon (80%), Merlot (10%), Cabernet Franc (7%) e Petit Verdot (3%), amadurecido em barrica de carvalho americano durante 25 meses acrescentados de mais 20 meses na garrafa antes de sua liberação ao mercado. Análise organoléptica: vermelho-rubi profundo com halo granada em formação. Aberto, intenso e muito complexo nos aromas com reminiscências de tabaco, amora, licor de cassis e ervas. Tem uma entrada suave e sedosa e uma ampla presença no paladar com frutas suculentas e taninos muito suaves. Largo no meio de boca terminou muito persistente. Avaliação: 91/100 pts.

(Visited 56 times, 58 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *