Na década de 1930, Juan Carrau chegou ao Uruguai com o plano de dar continuidade à tradição vitivinicultora de sua família catalã. O legado de Carrau para as gerações seguintes foi um dos mais antigos plantios de Nebbiolo e Tannat, situados ao Norte de Montevidéu, na região de Las Violetas, conhecida por seus solos ricos. Mais recente, outros vinhedos foram plantados 300 m acima do nível do mar, na região de Cerro Chapéu, onde há excelente drenagem e as uvas têm grande densidade. O vinho mais fino do catálago da Carrau é o Amat, um Tannat 100%, feito em homenagem ao patriarca da família: Francisco Carrau Amat (1790 – 1860). Apaixonada por cultura e educação, a empresa dedica as terças-feiras para visitas escolares à vinícola, de modo que as crianças possam começar a compreender o que é vinho, enquanto tomam suco de uva. Vinhos como Amat Single Vineyard, J. Carrau Pujol Blend, Amat 1752 (ano da chegada da Família Carrau ao Uruguai proveniente da Catalunha), fazem parte da melhor literatura sobre vinhos uruguaios.

 

Degustação –

Bodegas Carrau Chardonnay De Reserva 2016 – Álcool: 14% – Preço: De R$ 81,77 por R$ 69,50 – wine.com.br – fermentado em barricas de carvalho de 300 litros, nas quais permaneceu por mais seis meses para amadurecer com utilização de leveduras nativas, na taça exibiu cor palha com reflexo na transição para dourado. Aberto nos aromas com notas de frutas tropicais maduras sobre um fundo amanteigado. Na boca revelou-se um branco macio, de corpo médio, sedoso, de fina textura, elegante, álcool integrado, acidez conferindo firmeza e delicadeza ao conjunto. Excelente exemplar dessa variedade nativa da Borgonha que apresenta resultados auspiciosos no Uruguai. Avaliação: 89/100 pts.

(Visited 47 times, 47 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *