Se você gosta de Cabernet Sauvignon, mas deseja algo mais suave, exuberante e menos agressivo, vá de Merlot! Com sabores de frutas vermelhas e negras, taninos moderados e acidez equilibrada, o Merlot é um vinho ideal para combinar alimentos e uma aposta segura para qualquer ocasião. Sim,  Merlot não carrega a ousadia, imponência e o respeito da Cabernet Sauvignon, mas também não compartilha a mesma etiqueta de preço, levando muitas vezes a uma melhor relação qualidade-preço. Então, se você foi influenciado por interpretações comerciais baratas ou uma citação de Paul Giamatti do filme Sideways fora de moda há mais de 15 anos, recomendamos que você de uma nova oportunidade a este Merlot vinho amado por iniciantes e especialistas.

Mais informações sobre essa variedade:

A Merlot é a segunda variedade de uva mais plantada em todo o mundo – (Cabernet Sauvignon é a número um).
A Merlot é a variedade mais plantada em Bordeaux.
A Cabernet Franc é o pai da Merlot, mas quem será a mãe? (difícil!) É Magdeleine Noire des Charentes, uma antiga e exótica variedade descoberta através de testes de DNA.
Merlot se traduz em “pequeno melro” em antigo dialeto francês regional.
O Petrus, um dos vinhos mais cobiçados (e falsificados) do planeta é feito quase que inteiramente de Merlot!

Má Partilha Merlot 2009 – Península de Setúbal – Portugal

Perfil de sabor da Merlot e harmonizações

No paladar a Merlot proporcionará sabores de cereja preta, ameixa, chocolate, ervas secas e cedro. A maioria dos vinhos de Merlot estão localizados no meio do espectro do vinho tinto, com níveis médios de tanino, acidez e álcool. Os excepcionais vinhos de Merlot são tão ousados que podem ser confundidos com Cabernet Sauvignon.

Harmonizações ideais incluem perú, porco, vegetais de raiz, saladas de inverno, ensopados de todo tipo. Evite combinar Merlot com peixe, folhas verdes ou com alimentos picantes, onde pode sobrepor-se ou ser sobreposto.

Regiões Clássicas da Merlot

O grande tinto de Merlot começa em Bordeaux. Alguns dos melhores exemplos são da margem direita, especificamente as denominações de St. Émilion, Pomerol e Fronsac, onde é a uva dominante. Espere mais taninos, bem como sabores mais terrosos e semelhantes a tabaco desta região, que são diferentes dos do Novo Mundo. O outro lugar clássico para procurar esta variedade é na North Coast AVA (American Viticultural Area), que inclui Sonoma e Napa Valley.

Se você está olhando além dos exemplos de Merlot de clima fresco, considere climas parecidos aos de Bordeaux como Chile e Austrália Ocidental, ou os climas de Columbia Valley em Washington. Embora existam algumas diferenças regionais, geralmente você pode esperar mais fruta, taninos mais macios e uma textura mais sedosa quando comparada com o estilo mais encorpado das regiões clássicas.

Ainda muito familiar? Experimente a Itália, especificamente Vêneto e Toscana. A Merlot tem uma presença surpreendentemente grande na península italiana, embora a qualidade varie. Confira definitivamente os Supertoscanos e os exemplares brasileiros da Serra Gaúcha  e beba Merlot !

Fonte: https://harmonicwines.blogspot.com.br/2017/11/5-merlot-wine-facts.html?spref=fb

(Visited 79 times, 83 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *