Borgo Scopeto é um antigo e bem estabelecido produtor de Chianti Classico que é um verdadeiro borgo – uma aldeia com a sua própria igreja, correios, centro da cidade e residências. Elizabetta Gnudi é dona do Borgo Scopeto e ela e a enóloga Simone Giunti são responsáveis por todos os aspectos da produção dos vinhos Borgo Scopeto.

O nome Borgonero lembra um antigo assentamento agrícola no território de Borgo Scopeto. O Chianti Classico Borgo Scopeto vem de Castelnuovo Berardenga, que é a comuna mais meridional da zona de Chianti Classico. Todas as vinhas do Borgo Scopeto são secas desde o dia em que as videiras são plantadas pela primeira vez. Já a Tenuta Caparzo está localizada em Castelnuovo Berardenga/Montalcino, na região da Toscana e surgiu no fim de 1960 e desde então vem buscando aperfeiçoamento constante tanto nos vinhedos como na adega.

 

Pontuações safra 2014:

87/100 pts. Wine Advocate

89/100 pts. Wine Enthusiast

90/100 pts. James Suckling

Degustação –

Vinho do mês de junho de 2018 – Borgonero IGT – Borgo Scopeto – “Supertoscano”-Origem: Itália – safra: 2014 – álcool: 13% – região: Toscana/Chianti Classico – Variedades: Sangiovese (60%), Cabernet Sauvignon (20%) e Syrah (20%) – importador: Barrinhas – preço médio: R$ 200,00 – Vermelho-rubi violáceo sem halo de evolução. Nariz complexo, nobre, com notas de balsâmicas, madeirado e com uma boa dose de frutas negras e especiarias. Ao ingressar na boca, apresenta uma estrutura imponente, equilibrada, com acidez evidente, taninos macios prevalecendo sobre seu álcool. Notas de especiarias perfazem um conjunto de excelente concentração de sabor com profundidade e elegância. Apetecível e intenso, alia de forma ímpar a força da Sangiovese com a elegância da Cabernet Sauvignon e as notas picantes da Syrah. Não precisa de comida mas inegavelmente cresceu à mesa. Um vinho memorável, presença obrigatória nas melhores adegas e que vale o quanto pesa, por ter qualidade superior a de outros “Supertoscanos” muito mais caros. Termina persistente convidando o degustador para o próximo gole. Para se degustado nos próximos pares de anos. Enfim, estamos diante de um “supertoscano” de grande personalidade e elegância, cujas uvas são selecionadas entre as melhores do produtor e que sempre recebe notas altas da crítica internacional. Vocação gastronômica. Avaliação: 91/100 pts. +

(Visited 93 times, 94 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *