O Decanter Wine Day 2018 foi realizado na Concessionária BMW Osten no último dia 15 de maio, com a presença de Adolar Hermann e demais colaboradores da Decanter, além de representantes das vinícolas chilenas De Martino, Alcohuaz, El Principal, Caliterra, Villard e Terranoble. Até agora esta foi a melhor edição deste evento, não só pela organização e inclusão de novos rótulos de novos produtores, mas também pela constância e regularidade daqueles que sempre integraram o portfólio da Decanter, que desta vez destacou os vinhos chilenos. A seguir, descrições e avaliações de vinhos brancos e rosés do Velho Mundo que degustamos no evento:

Eduardo Dorilio, Sommelier Decanter – blogdojeriel.jpeg

Luis Cañas Rioja Fermentado em Barricas 2016 – Variedades: Viura (90%) e Malvasia (10%) – Preço: R$ 82,40 – Palha claro, perfumado com notas florais, frutas secas, sobre um fundo que recorda amêndoas. Na boca é macio, intenso, seco, profundo e mineral. Surpreendeu pela riqueza de aromas, volume de boca e principalmente pelo sabor muito agradável. Detentor de inequívoca relação preço-qualidade. Avaliação: 90/100 pts.

Marques de Montemor VRA 2016 – Álcool: 12,5% – Arinto (40%), Alvarinho(40%), 20% Gouveio (20%) – Região: Alentejo – preço: R$ 67,70 – palha brilhante translúcido. Aromas de frutas de caroço e toques cítricos. Paladar macio, fácil, do tipo bmj – beber o mais jovem possível. Termina sem amargor. Avaliação: 88/100 pts.

Alvarinho Contacto Vinho Verde 2016 – Álcool: 13% – Região: Melgaço – Preço: R$ 166,30 – Este refinado Alvarinho de Mestre Anselmo Mendes exibiu cor palha verdeal brilhante. Nos aromas nota-se que se trata de um branco de fina estirpe, com leve floral, frutas cítricas sobre um fundo mineral com ampla sustentação na taça. No paladar mostra corpo pleno, excelente frescor, acidez delicada, acento mineral e boa intensidade de fruta. Um vinho hedonista, para alta gastronomia, de longa sobrevida na garrafa. Avaliação: 91/100 pts.++ 

Muros Antigos Vinho Verde DOC Loureiro Escolha 2016 – Álcool: 12% – Preço: R$  96,30 – Palha com reflexo esverdeado límpido e brilhante. Aromas cítricos e minerais revezam-se entre si formando um conjunto agradável e convidativo. No paladar revela caráter vívido, jovial e levemente mineral, com sua acidez cítrica completando o conjunto que é balanceado e prazeroso. Leve agulha, acidez pulsante, conferindo-lhe mais personalidade e vivacidade. Avaliação: 90/100 pts.

Valentini Trebbiano d’Abruzzo DOC 2012 – Álcool: 12,5% – Preço: R$ 975,00 – elaborado à partir de vinhas com 50 anos idade média, amadurecido 24 meses em botti de carvalho da Eslavônia de 55-70 hl., este branco singular despertou a curiosidade de muita gente por sua complexidade aromática e untuosidade. Senão vejamos: amarelo intenso com reflexo dourado. Aromas intensos e complexos com notas cítricas, avelã, damasco sobre um fundo mineral que se repete na boca. Muito equilibrado, untuoso, acídulo, cheio de camadas, longuíssimo, este branco, na opinião deste redator, é um dos melhores da Itália na sua categoria. Não custa barato, mas por se tratar de um vinho sem similar e de longa sobrevida na garrafa, merece espaço nas melhores adegas. Avaliação: 94-95/100 pts.

Brunel de La Gardine  Côtes du Rhône Blanc 2016 – Álcool: 12,9% – Variedades: Roussanne (30%) Viognier (20%), Clairette (20%), Grenache Blanc (20%) e Bourboulenc (10%) – Preço: R$ 107,20 – Brunel Père et Fils produz este delicioso Côtes du Rhône blanc de cor amarelo limão brilhante. Aromas florais secundados por frutas cítricas maduras (toranja e limão) sobre um fundo mineral. Na boca tem corpo médio, deliciosamente frutado e equilibrado. Retrogosto médio/longo, sem amargor. Avaliação: 90/100 pts.

Prado Rey Rosado Fermentado en Barrica 2016 – Variedades: Tempranillo e Merlot em partes iguais – Intensa cor cereja escura. O nariz é apetecível, convidativo, destacando notas tostadas que logo cedem espaço para frutas vermelhas em profusão. No paladar tem volume, é encorpado, mas não cansa pela acidez (frescor) que contrabalança o conjunto de final longo, que promete crescer à mesa. Que tal uma Paella? Avaliação: 89/100 pts.

Conde de Vimioso Colheita Selecionada VR Tejo Rosé 2016 – Variedades: Touriga Nacional e Syrah -Preço: R$ 71,40 – coloração vermelho-cereja intenso. Aromas nos quais as frutas vermelhas prevalecem sobre leve mineralidade. Aqui o corpo é médio, a acidez faz a sua parte e o resultado é um Rosé de boa fluidez com o frescor bem preservado e um final limpo, sem qualquer amargor. Avaliação: 88/100 pts.

Crédito da Foto: site Agropolis International (França)

La Gascogne D’Alain Brumont Rosé 2016 – Variedades: Tannat, Syrah e Merlot – Preço: R$ 89,60 – Apesar da coloração mais clara que os dois exemplares anteriores, este rosé tem mais corpo e potência do que supomos. Os aromas não são muito intensos, mas finos lembrando framboesa (Tannat) que se reveza com algum floral. Na boca, a Tannat fala mais alto porque este rosé tem grande expansão e provoca salivação; a fruta não se esconde e o resultado é um vinho de boa tipicidade com um final levemente picante, a pedir comida. Avaliação: 88-89/100 pts.

TO BE CONTINUED!

(Visited 64 times, 69 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *