No dia 23 de junho de 2018, os participantes da Confraria Esvaziando a Adega reuniram-se para degustar os vinhos abaixo descritos e avaliados. A seguir a ordem das preferências dos degustadores, destacando que a prova transcorreu às cegas, no Zeffiro, com o almoço perfeito: cordeiro à portuguesa como destaque. Dela participaram, além deste redator, os confrades José Luiz, Melissa, Lucas, Clóvis e Eduardo Norya:

Cava Jaume Serra Brut – BlogdoJeriel.jpg

Cava Jaume Serra BrutPreço médio: R$ 50 (Clóvis) – palha brilhante translúcido. Bom perlage com abundância de borbulhas. Boa complexidade aromática para sua faixa de preço, destaque para notas florais, pão fresco e reminiscência de frutas de caroço. Paladar seco, mineral, corpo médio, acidez vibrante confirmando os aromas. Balanceado, termina medianamente persistente, sem amargor. Avaliação: 88-89/100 pts.

Millaman Sauvignon Blanc – Blogdojeriel.jpg

Millaman Sauvignon Blanc 2016 – Álcool: 13% – Região: Vale de Curicó – Preço: R$ 52 (Clóvis) – A Sauvignon Blanc é uma variedade versátil, cultivada há muitas décadas praticamente em todas regiões chilenas com pleno êxito. Este, vem do Vale de Curicó, uma região tradicionalmente quente, mas nem isso foi o suficiente para macular sua tipicidade. Análise organoléptica: palha claro, aromas vegetais, arruda, uma ponta de maracujá e um traço mineral. Na boca, sua entrada revelou um branco cítrico, seco (sem ser austero), com acidez surpreendente, boa fruta e corpo pleno. É do tipo bmj – beber o mais jovem possível, portanto, sendo 2016, poderá ser desfrutado com tranquilidade nos próximos seis meses ou mais. Harmonizado com lascas de bacalhau, cresceu à mesa. Avaliação: 88/100 pts.

Gran Opalo Blend 2008 – pode ser encontrado no “Empório de Vinhos e Livros – SP” – Blogdojeriel.jpeg

Gran Opalo Blend 2010 – Álcool: 14% – Variedades: Malbec (50%), Syrah (30%) e Petit Verdot (20%) – Região: Vista Flores/Mendoza – Importador: Casa dos Vinhos Ltda., mas pode ser encontrado em São Paulo no Empório de Vinhos e Livros – tel. 11 3257 4362 (José Luiz) – Maurício Lorca é um enólogo que já trabalhou muitos anos na Catena e depois criou sua própria vinícola, mas sua fama decorre de não amadurecer seus vinhos na madeira, fato que para este redator soa bastante polêmico….Análise organoléptica: violáceo concentrado com halo granada em formação nas bordas. Boa complexidade aromática com especiarias, frutas secas e em compota. Paladar volumoso, denso, encorpado. Taninos um pouco rústicos (será a falta da madeira indicada no rótulo?), acidez correta, álcool integrado e bastante concentração de sabor. Evoluído, tem personalidade e vida na garrafa pela frente. Avaliação: 89/100 pts.

Errazuriz Late Harvest Sauvignon Blanc é o primeiro vinho da direita – Blogdojeriel.jpeg

Errazuriz Sauvignon Blanc Late Harvest 2015 – Álcool: 12% – Região: Vale de Casablanca/Vinhedo La Escultura Estate – Variedades: Sauvignon Blanc (85%) e Gewürztraminer (15%) – Vinificação 50% fermentado em tanque de aço inoxidável a temperatura de 15 a 17ºC. Maturação de 6 meses em barricas de carvalho francês de diferentes idades (Eduardo) – cor dourado brilhante, intenso aroma de frutas cristalizadas com destaque para damasco, pêssego sobre um fundo a recordar casca de laranja. No paladar, é um vinho doce, rico, volumoso, potente e de grande concentração – tudo com suporte na acidez equilibrada. Dotado de ótimo frescor, seu final é longo e remete o degustador às sensações gustativas iniciais. Avaliação: 91/100 pts.

(Visited 90 times, 98 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *