No último dia 24 de setembro, em São Paulo, a vinícola Salton promoveu o lançamento de um projeto exclusivo da Família Salton, que apresenta um novo olhar para a vitivinicultura brasileira. É a Domenico, nova marca-conceito, fruto do trabalho da quarta geração da família à frente da empresa. Para inaugurar a marca, nada melhor que o lançamento de um prosecco. O rótulo faz um brinde duplo: aos 140 anos da chegada da família oriunda do Veneto ao Brasil e ao futuro do espumante prosecco, cujas primeiras vinhas do Rio Grande do Sul foram incentivadas pelos Salton em meados dos anos 2000. No evento, esteve presente a Diretora Luciana Salton, que formalmente lançou seu novo espumante e um tinto elaborado com uvas da Campanha Gaúcha ainda sem rótulo (será lançado em novembro/2018), um bi-varietal das variedades Marselan e Tannat da safra 2016. O espumante é o Prosecco Giornata 140, integrante dessa nova marca-conceito Domenico, homenagem da chegada ao Brasil de Antônio Domenico Salton 140 anos atrás e Salton Domenico Marselan-Tannat 2016. O Enólogo Gregório Salton teceu considerações sobre os vinhos.

Prosecco Gionarta 140 safra 2018 – Álcool: 11% – Região: Serra Gaúcha – Preço: R$ 90 – Na flûte um efervescente palha esverdeado quase translúcido. Aromas delicados e elegantes, com expressivo floral inicial que cede para fruta de polpa branca – maçã, pêra e melão com boa sustentação. No paladar subimos um degrau. Macio, cremoso, sem nenhum amargor. O estilo remete aos grandes Proseccos do Vêneto com elegância de sobra. Refrescante, equilibrado e compacto, cumpre bem o papel que lhe cabe, qual seja, o caráter festivo. Avaliação: Excelente

Enólogo Gregório Salton – Blogdojeriel.jpg

Salton Domenico Marselan-Tannat 2016 – Região: Campanha/RS  – Preço estimado: R$ 90 – Vermelho-rubi intenso com reflexo violáceo. Aromas complexos ostentando convidativas notas florais (alguma reminiscência de lavanda), frutas negras (figo, ameixa) sobre um fundo balsâmico. Paladar no mesmo diapasão. Taninos macios, corpo médio, álcool, acidez e madeira entrosados entre si. Termina com boa persistência. Informo que este gostoso blend recebeu elogios sinceros dos presentes, por ter unido com perfeição a poderosa e rústica Tannat com o frutado exuberante da Marselan, cruzamento francês da Cabernet Sauvignon com a Grenache, variedade que vem colhendo ótimos resultados na Serra Gaúcha, por exemplo. Enfim, a vinícola Salton da mais um passo para o futuro ao revelar que não produz somente vinhos de apelo popular (Chalise). Essa nova linha vem “para expressar mundialmente as particularidades do vinho brasileiro”. Avaliação: Excelente

Espumante Salton Gerações – Blogdojeriel.jpg

Espumante Salton Gerações Nature – Álcool: 11,5% – Região: Distrito de Tuiuty/Serra Gaúcha – Variedades: Chardonnay, Pinot Noir e Riesling Itálico – Preço médio: R$ 140 – Elaborado pelo método champenoise, com 28 meses de autólise (mosto em contato com as leveduras). Na flûte um efervescente de coloração amarelo-dourado, com perlage intensa e abundante. Borbulhas de tamanho reduzido em profusão. Aromas complexos de frutas cítricas, leveduras, nozes sobre um fundo tostado. Paladar vibrante, com boa concentração, destaque para sua cremosidade que aliada a seu intenso frescor resulta num espumante nacional de destacada personalidade/qualidade. Avaliação: Excelente

 

Salton Septimum 2012 – Blend de sete variedades – 6798 garrafas produzidas – Blogdojeriel.jpg

Salton Septimum 2012 – Álcool: 13,5% – Região: Campanha Gaúcha – Variedades: Teroldego, Cabernet Sauvignon, Merlot, Marselan, Tannat, Petite Syrah e Cabernet Franc – preço médio: R$ 170 -vermelho-rubi profundo, quase retinto sem indicar sua idade. Aromas expressivos com notas de frutas negras, tabaco, especiarias, tostados sobre um fundo balsâmico. No paladar é denso, volumoso, tânico (boa qualidade), com bom entrosamento do álcool, acidez, fruta e madeira (amadurecido 12 meses em barricas de carvalho francês de 225 litros acrescidos de mais 12 meses de afinamento na garrafa). Amplo, concentrado, profundo, tem um acentuado final de boca. Promete evoluir bem na garrafa nos próximos anos. Avaliação: Excelente +

Salton Intenso + MT 2017 – Álcool: 12,5% – Variedades: Marselan (60%) e Teroldego (40%) – Regiões: Serra e Campanha Gaúcha – vermelho-rubi intenso, com reflexo arroxeado nas bordas. Aromas de frutas vermelhas e negras revezam-se entre si sobre um fundo mentolado. No paladar exibiu taninos macios, corpo médio, harmonia de seus componentes e um fim de boca de média persistência. Avaliação: Muito Bom

Diretora Luciana Salton – Blogdojeriel.jpg

Salton Talento 2012 – Álcool: 13% – Variedades: Cabernet Sauvignon (60%), Merlot (30%) e Tannat (10%) – Álcool: 13% – vermelho-rubi intenso com halo granada em formação. Aromas intensos com especiarias, frutas negras e levíssimas notas terrosas. Na boca ratificou as sensações olfativas. Taninos presentes de qualidade muito boa. Fruta e madeira coexistindo pacificamente (amadurecido 12 meses em barrica de carvalho francês de primeiro uso e afinado por mais 12 meses na garrafa antes de sua liberação ao mercado), com bom frescor e fluidez. O conjunto é equilibrado, com alguma fruta, sem arestas. Longo, está num bom momento de sua evolução. O seu final mostrou alguma adstringência que antes de incomodar é uma característica deste blend que leva a rústica Tannat na sua composição. O Talento é um vinho emblemático da Salton que vem mantendo a qualidade anos após ano! Avaliação: Excelente

Linha Domenico – espumante Giornata – Blogdojeriel.jpg
(Visited 57 times, 66 visits today)

2 thoughts on “Salton lança Domenico, sua primeira marca-conceito: rótulos inovadores e exclusivos”

    1. A qualidade do espumante e o capricho na apresentação foram convicentes. Essa nova geração que assumiu a Salton parece querer mudar as coisas, isso é bom para o consumidor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *