DSC09999

Na noite de 28 de fevereiro, realizou-se o primeiro jantar enogastronômico do Zeffiro, restaurante de inspiração Toscana localizado na Rua Frei Caneca n° 669, Bela Vista, São Paulo, com a presença de Vera Damaso (Zeffiro), Luiz Henrique Schmittd (Decanter) e convidados. Foram servidos os seguintes pratos:

Couvert – Canapés

Bruschetta com Brie e Parma com toque de mel

Nhoque de Batata com Ragú de Cordeiro

Escalopinho de Alcatra ao molho suave de Gorgonzola com Risoto de Legumes

Petit Gateau de limão siciliano com sorvete de creme

Compatibilizados com os  vinhos a seguir:

Espumante Brut Lírica – Vinícola Hermann – R$ 41

Quinta de Gomariz Loureiro 2011 – R$ 47

Aliotto Podernovo IGT Toscana 2009 – R$ 58

Luigi Bosca Malbec 2010 – R$ 60

Chateau des Tours Apellation Sainte-Croix-du-Mont 2007  – R$ 63 (375 ml) 

 

Schmitt e Vera Damaso
Schmitt e Vera Damaso

 A seguir algumas imagens do evento:

O maître Chagas servindo o vinho de sobremesa
O maître Chagas supervisionou, com competência, o serviço do vinho.
O espumante Lírica, corte de Chardonnay com Gouveio exibiu um frescor delicioso
O espumante Lírica, corte de Chardonnay com Gouveio exibiu um frescor delicioso

Cave Hermann Lírica Brut – Champenoise – álcool: 12% – uvas: Chardonnay (75%) e Gouveio (25%) – região: Serra do Sudeste – Pinheiro Machado (RS) – preço: R$ 48 – palha intenso com reflexo esverdeado. Aromas complexos com uma ponta de leveduras se destacando. Boca no mesmo diapasão, fresca, fluída e expansiva. Seco, de boa concentração é um espumante para ser levado a sério e que vale o preço. Ótimo acompanhamento para aperitivos.

Harmonização perfeito: as notas de mel do Quinta de Gomariz Loureiro com as pinceladas de mel sobre o queijo brie da Bruschetta
Harmonização perfeita: as notas de mel do Quinta de Gomariz Loureiro com as pinceladas de mel sobre o queijo brie da Bruschetta

Quinta de Gomariz Loureiro Colheita Selecionada 2011 – álcool: 11,5% – palha claro com reflexo esverdeado. Aromas complexos com toques florais (jasmim), frutas cítricas sobre uma nota mineral, confirmada no paladar de acidez na medida certa sem subjugar a fruta. Expansivo, longo é um vinho consensual, fácil de beber, fácil de gostar, com delicosos toques de mel, que harmonizaram perfeitamente com Bruschetta com brie, parma com toque de mel. Aqui tivemos harmonização por similaridade ou aproximação.  

Aliotto, um Toscano elaborado com Sangiovese e CS, Merlot . Produzido pelos espumantes Ferrari, exibiu boa relação preço-qualidade
Aliotto, um Toscano elaborado com Sangiovese e CS, Merlot . Produzido pelos espumantes Ferrari, exibiu boa relação preço-qualidade

Aliotto Toscana IGT  2009 – Tenua Podernovo – região: Pisa/Toscana – álcool: 13% – Uvas: Sangiovese (60%), Cabernet Sauvignon, Merlot  e outras uvas da região – preço: R$ 53 – vermelho rubi com halo granada em formação. Aberto nos aromas com uma forte nota terrosa dominando o conjunto, para depois dar espaço para discretos toques herbáceos. Na boca a sua entrada revelou um vinho de taninos macios, equilbrados tendo na acidez e na boa concentração de sabor seus maiores apelos. Como não poderia deixar de ser, cresceu na harmonização com nhoque de batata com ragú de cordeiro, eis que sua acidez “vigorosa e gastronômica” se encarregou de suavizar o ragú de cordeiro. Acresça-se a isso o preço acessível do vinho desempenhando um papel que somente caldos mais caros conseguem proprocionar uma harmonização tão feliz.

DSC00011

Luigi Bosca Malbec 2010 – álcool: 14% – preço: R$ 60 – vermelho rubi violáceo com nítido halo púrpura. Nos aromas leve acento floral com notas de violetas sobre um fundo tostado e alguma ameixa preta. Na boca a sua entrada revelou um vinho solidamente estruturado, de taninos perceptíveis sem destoar do conjunto que tem no equilíbrio  de seus componentes a sua maior virtude, eis que a madeira é facilmente notada sem incomodar. Também foi bem na harmonização tanto com o molho suave de gorgonzola quanto com o escalopinho de alcatra, eis que o Luigi Bosca  é reconhecidamente um vinho de estrutura marcante, mas não houve incompatibilidade, eis que um prato untuoso pede efervescência ou potência tânica para harmonizar e no caso, o vinho tem potência de sobra, álcool integrado assim como a madeira que se apresenta apenas no fim de boca.

 

O Château de Tours, "Grand Vin de Bordeaux" exibiu equilíbrio entre acidez e doçura
O Château de Tours, “Grand Vin de Bordeaux” exibiu equilíbrio entre acidez e doçura

Château des Tours Apellation Sainte-Croix-du-Mont 2007 – aqui tivemos uma das melhores harmonizações da noite, eis que o vinho, de cor amarelo dourado, aromático com sugestões  nitidamente cítricas com pinceladas de mel e forte mineralidade nos aromas, exibiu na taça o esperado equilíbrio entre açúcar e acidez, resultando num conjunto cítrico, fresco e untuoso, que harmonizou perfeitamente  com o petit gateau de limão siciliano com sorvete de creme, com o prolongamento do sabor deste. Ressalte-se que o vinho não tem amargor e nem doçura excessiva.

DSC09997

Conclusão

O primeiro jantar do Zeffiro, restaurante paulistano de inspiração Toscana comandado por Vera Damaso e seu marido, com vinhos da Decanter  foi um absoluto sucesso. Não somente pela elevada qualidade dos vinhos escolhidos para essa finalidade, mas também pela qualidade dos pratos, preparados sob supervisão direta de Vera. Prova disso que somente trinta pessoas puderam participar, mas houve lista de espera com quase dez pessoas. Além da qualidade da comida, destaque-se a qualidade do serviço digna de reconhecimento. Recentemente, o restaurante foi elogiado por um jornal de grande circulação por servir água em jarra sem cobrar nada de seus clientes. Este foi o primeiro jantar harmonizado. A nossa torcida é para que outros jantares harmonizados se sucedam (ainda no mês de março) na esteira do sucesso do evento ocorrido na noite de 28 de fevereiro de 2013. Vá ao Zeffiro. Você não irá se arrepender…

Atodos, Saúde!

(Visited 152 times, 152 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *