Em cerca de 3 mil hectares, quase 30% da superfície de vinhedos do Uruguai, cultiva-se a variedade francesa Tannat. Isso faz do Uruguai o único país do mundo em que se planta essa variedade em grande escala. Os vinhos Tannat varietais tem uma forte personalidade, mas em blends com outras variedades produz vinhos de grande diversidade: Tannat-Merlot, Tannat-Cabernet Franc, Tannat-Cabernet Sauvignon e Tannat-Merlot-Cabernet Franc, por exemplo. O Tannat Reserva é um vinho bem estruturado e balanceado, brilhante, de cor vermelho-escuro com tonalidades violáceas, aromas abertos com toques frutados e muito especiados. Normalmente, amadurecem 12 meses em barrica de carvalho americano e francês e são fermentados durante 15 dias a uma temperatura entre 22°C e 28°C e oito dias de pós-fermentação. A Tannat é uma uva que apresentou perfeita adaptação ao solo do Uruguai que é uma mistura de argila com alto percentual de calcário e as colunas onduladas oferecem boa drenagem, portanto, há quem sustente que o terroir do Uruguai lembra a margem direita de Bordeaux. FonteA Enciclopédia do Vinho – Luis Tomás Melgar Gil – Ediouro

(Visited 127 times, 127 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *