HJ

Vistas para o vinho moderno no amadurecimento e/ou na fermentação em barris (quanto mais novo o barril, maior a influência) ou ainda na adição de lascas de carvalho ou – na pior das hipóteses – essência de carvalho, os iniciantes no mundo do vinho podem ser facilmente enganados pelo perfume e sabor semelhantes aos de baunilha, pensando que compraram algo luxuoso no lugar de uma coisa simplesmentes de sabor doméstico. Mas os barris são caros; os verdadeiros são usados apenas para vinhos de qualidade inerente para benefício de longo prazo. O carvalho francês é clássico e o mais caro. O carvalho americano tem sabor e cheiro de baunilha bastante fortes. Tostar, refere-se a queimar o lado interno do barril. A alta tostagem dá a o vinho sabor de caramelo. Fonte: Guia de Vinhos de Bolso – Hugh Johnson

(Visited 24 times, 24 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *