Uma História de Descoberta e Paixão

Informa o produtor que “Há 35 anos atrás um jovem alemão, cheio de energia e paixão chegou a Portugal com uma ideia de selecionar e catalogar as castas de vinho portuguesas. Ele descobriu rapidamente que para além da diversidade de cerca de 300 variedades diferentes, Portugal possuía algumas ainda desconhecidas mas de grande potencial. Com a chegada da sua filha, a enóloga Dorina Lindemann há 20 anos, a adega Plansel nasceu e tem-se desenvolvido ao longo dos anos. Como apaixonada e estudiosa enóloga, Dorina é hoje a embaixadora de 3 excepcionais castas de Portugal. Com uma inabalável paixão e esforço, conseguiu realçar as particularidades destas variedades: Touriga Nacional, Tinta Barroca e Touriga Franca. As nossas principais gamas são: Marquês de Montemor, Plansel Selecta, Dorina Lindemann e Family State.

Localização

A Quinta da Plansel está localizada em Montemor-o-Novo, no Alentejo Central, aproximadamente a 100 km de Lisboa e faz parte do DOP de Évora. Neste momento possui 70 hectares de vinhas, que originam cerca de 350.000 litros de vinho.

A Adega

A adega é uma unidade de vinificação moderna, onde se conjugam depósitos horizontais rotativos e lagares de inox na fermentação dos vinhos tintos. Os brancos são vinificados em depósitos de inox numa câmara refrigerada, onde são também estabilizados. Existem ainda áreas específicas para a realização de espumantes, pelo método clássico, uma área de estágio em barricas e uma outra em garrafas.

 

Degustação –

Plansel Selecta VRA “Colheita Seleccionada” Touriga Nacional 2009 – Álcool: 14% – Região: Montemor-o-Novo/AlentejoImportador: Decanter Redução rigorosa da produtividade das uvas a 35 hectolitros por hectare e colheita manual seletiva. Maceração em lagares abertos a 25°C. Maturação por 15 meses em barricas de carvalho francês. Análise organoléptica: magnífico exemplar alentejano da mais festejada variedade vinífera portuguesa, aberto no auge de sua evolução, exibiu taninos redondos e encantou por sua acidez salivante, corpo pleno e elegância do conjunto que se beneficiou do envelhecimento na garrafa. Álcool integrado. De fato, este tinto ressalta as qualidades da Touriga Nacional em solo alentejano. Tem um final macio, harmônico, expressivo. Avaliação: 90/100 pts.

(Visited 83 times, 88 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *